Local ficou um mês interditado por causa do baixo nível do Lago de Itaipu em consequência da falta de chuvas na região.

Prainha de Porto Mendes, em Marechal Cândido Rondon, é liberada para banho após vistoria dos bombeiros. Divulgação/Prefeitura de Marechal Cândido Rondon A prainha artificial de Porto Mendes, em Marechal Cândido Rondon, no oeste do Paraná, foi liberada para banhos pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com a prefeitura, o local será aberto aos banhistas a partir de sábado (28), um mês após ter sido interditada por causa do baixo nível do Lago de Itaipu, em consequência da falta de chuvas na região. O anúncio foi feito pela Prefeitura de Marechal Cândido Rondon na quinta-feira (26), após uma vistoria dos bombeiros. Segundo o Corpo de Bombeiros, havia risco para os banhistas em função da área de banho estar estreita e com lama, mas com o aumento do nível da água, o local poderia ser frequentado novamente. A prefeitura informou que, a partir de sábado, o local vai contar com proteção de guarda-vidas dos bombeiros. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.